26 junho 2001

Eu não sei não...
Essa coisa de ser a unica pessoa do mundo a utilizar o windows 3.11 parece que acaba mesmo diminuindo os horizontes... não te disse, então, que podes formar um "time"? Escolher um monte de gente que pode mexer aqui no blog, com seus respectivos acessos e senhas? Bom... se não disse, tô dizendo. Faz a lista aí!
te´... que, claro, tem projeto pra entregar, e o dia ontem já chegou no hoje sem se dar ao trabalho de terminar... (talvez seja o motivo das reticências........apesar de eu simpatizar bastante com parentêses........e mais ainda com colchetes)
Oi,

precisamos aumentar os meus links! Os blogs alheios estão uma
delícia. Troquei a yoga, por exemplo, pelo blog da Lena - uma gaúcha genial.
Bota lá, quando puder e quiser:

"Página Um" http://paginaum.blogspot.com/

"Diário de um pronome" http://www.aquele.blogspot.com/

"La vida es sueño" http://anja_lala_teste.blogspot.com/

"Luna Rossa" http://lunarossa.blogspot.com/

"Fauth rides again" http://fauth.blogspot.com/


Fora esses blogs gostosos, ainda tem essas belíssimas artes:


"Miragem" http://www.miragem.art.br/

"João Baptista da Costa Aguiar" www.joaobaptista.art.br


p.s.: pode publicar isso também?
Melissa,

por favor, publica isso no meu blog?

Estive pensando em fazer um blog de cartas. Sabe aqueles livros de
cartas? Pois é. Um blog de e-mails, seria o correto. Que coisa modernosa,
meu Deus, a que ponto chegamos. Assim, com ponto final, mesmo, eu digo. A
que ponto chegamos. Ponto.

Foi-se a época da interrogação. Bons tempos, aqueles,
interrogativos. Não é mesmo.

Mas aí eu teria que distribuir a minha senha para todo mundo, e a
idéia não me parece lá muito sadia. Senha já é uma coisa tão pessoal e
intransferível, não é, vão começar a desconfiar que não ando no meu juízo
perfeito, que não é uma atitude sóbria, e, daí a dizer que blog de bêbado
não tem dono, é um pulo. Quero evitar essas piadinhas.

O que é que tu achas? (Permito-me algumas interrogações por dia, mas
sem exagero; no café, por exemplo, só adoçante. Interrogação deixa furo no
texto: celulite. Açúcar e interrogação, nos dias de hoje, só com moderação.)

Por enquanto, vou pendindo favores aos mais chegados. O meu
computador, não adianta, não está querendo ser útil. Computador. Três
palavras em uma, né. (Né, com ponto final, exclui qualquer possibilidade de
interatividade. Né. Se eu não parar com essa filosofia textual, ninguém mais
vai me agüentar, e falta pouco. Ponto. Pouquíssimo.)

Estou, portanto, terceirizando o meu blog. Que perigo...
(reticências são ou não são o Comfort de uma frase? Estou desenvolvendo uma
tese sobre isso... sobre isso... sobre isso... viu? Amacia, né?)

Pedi ao Lori que publicasse uma coisinha minha, também. O Lori é de
confiança; posso deixar o meu blog aos cuidados dele, sem problemas... (olha
o Comfort!)

Para não dizer que só falei besteira: ando fazendo yoga ao som da
Dido. Uma cantora inglesa de voz macia... (olha o Comf..., deixa pra lá.) O
nome do disco é No Angel.

Por falar em yoga, está na hora: vou lá, me espichar e bufar - como
diz meu irmão. Obrigada pela paciência. Um beijo,

Bíbi?

(interrogação, pra deixar um furinho no fim do texto... texto
funil... e macio... nada como a contradição, né?... segunda-feira eu começo
a dieta, e ponto final.)